Notícias

16/05/2019

Valorização da vida e cuidado no trânsito: RSDP adere o maio amarelo

Maio amarelo/Divulgação

Maio amarelo/Divulgação

O mês de maio é o mês da prevenção e conscientização para acidentes de trânsito. O maio amarelo é uma campanha que tem como objetivo diminuir os elevados índices de mortalidade no trânsito, além de levar aos cidadãos uma mensagem de valorização da vida.


Os hospitais da RSDP atendem, diariamente, muitos casos de vítimas de acidentes de trânsito. No Hospital Independência, por exemplo, os acidentes são a principal causa de entrada de novos jovens e adultos na instituição.  O dado é alarmante: segundo a Organização Mundial da Saúde, a principal causa de morte de jovens de 10 a 19 anos são acidentes de trânsito. Em Porto Alegre, no ano passado, foram registrados mais de 4 mil acidentes com vítimas e 789 atropelamentos. 


A vítima de acidente de trânsito está sujeita a sequelas físicas que provocam a diminuição da funcionalidade. Muitas vezes, o retorno as atividades de rotina diária é impedido pelas consequências do acidente. Além das alterações físicas e recuperação lenta, os fatores psicológicos e sociais podem ter grande impacto para as vítimas. É fundamental o acesso à saúde de forma integral,  buscando a melhor reabilitação clínica e funcional possível. 

O Supervisor de Serviço de Reabilitação do Hospital Independência, Rodrigo Noguera, fala sobre as consequências dos acidentes de trânsito e da elevada demanda desses casos que é recebida no HI: "Grande parte da nossa demanda são as vítimas de acidentes de trânsito, que podem sofrer desde fratura mais simples, como a de uma perna, um braço, até fraturas de múltiplas partes, incluindo lesões no cérebro e medulares. Dependendo da lesão, a recuperação pode ser lenta, levando ao afastamento do indivíduo das suas atividades de rotina. Isso gera um impacto tanto para a família quanto para a sociedade. Desta forma, prevenir os acidentes é a melhor saída e que envolve uma medida pouco custosa: a mudança de comportamento das pessoas no trânsito, como não utilizar o celular, não beber, organizar-se com tempo para chegar ao destino, evitando precisar correr pra chegar a tempo e respeitar o limite de velocidade." alerta.