Notícias

19/12/2018

Hospital Divina Providência alerta: crianças e idosos devem ter cuidados especiais no Verão

Texto: Maria Amélia Vargas

A estação do calor, dos dias mais longos, do sol a pino está chegando. Com ela, uma disposição maior para algumas atividades. Mas alguns cuidados com a saúde precisam ser redobrados neste período. De acordo com o Dr. Cristian Rafael Sloczinski, cardiologista do Hospital Divina Providência, os maiores perigos na temporada, além do excesso do sol, são a desidratação e os problemas de circulação.

“O Verão traz algumas coisas boas para a saúde. Doenças cardíacas, por exemplo, são menos frequentes. Mas o calor que propicia uma menor sobrecarga ao coração também pode levar a inchaço nas pernas inchadas, cansaço e edema”, destaca o médico. 

Este desconforto ocorre por causa da vasodilatação das veias, já que o corpo precisa favorecer a transpiração e fazer a troca de calor com o meio ambiente. Em caso de inchaços frequentes, a orientação é elevar as pernas sempre que possível, diminuir o consumo de sal e praticar exercícios regularmente.

Outra questão importante é a hidratação. O corpo perde mais líquidos nesta época do ano, por isso, precisa estar em constante reposição de água. Os adultos saudáveis precisam ingerir, em média, dois litros por dia. Já os idosos devem ter uma disciplina maior no consumo, pois a idade compromete o mecanismo de sede. O mesmo vale para as crianças, cujo recurso ainda não está bem desenvolvido.

A pele também exige atenção especial no Verão – 30% dos tumores malignos registrados no Brasil ocorrem neste órgão. Este ano deve se encerrar com mais de 170 mil novos casos, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Sendo assim, Sloczinski recomenda que se evite a exposição ao sol nas horas de calor mais intenso (das 10h às 16h), aconselha o uso de tecidos leves de algodão e de proteção solar (filtro UVA e UVB de fator, no mínimo, 30), além de chapéus, bonés e outros recursos físicos.

Para finalizar, o médico alerta para o uso excessivo de ar-condicionado, que pode ser prejudicial para a parte respiratória: “Como seca muito as vias nasais, o recomendado é que pessoas evitem a exposição prolongada a ambientes climatizados”.    

Dicas de saúde

Cuidados com a pele

- Usar filtro UVA e UVB, fator 30 (no mínimo), diariamente.

- Repô-lo a cada duas horas ou após suar em demasia ou entrar na água.

- Não esquecer de passar nas orelhas, boca e lábios. E também na cabeça para pessoas calvas.

- Quando possível, colocar chapéu, boné ou viseira.

Hidratação

- Adultos saudáveis podem guiar-se pela própria sede. O ideal é consumir cerca de 2 litros por dia.

- Idosos e crianças precisam ficar mais atentos, pois os seus mecanismos de sede não são tão precisos.

- Fique atento: chimarrão, chá, e sucos naturais também contam como ingestão de líquido. Mas refrigerantes, álcool e bebidas açucaradas não.

- Cuidado: a desidratação pode levar à queda de pressão, desmaios, diarréia e vômito.

Alimentação

 - Prefira alimentos leves, como frutas, legumes, vegetais, alimentos integrais, peixes e carnes magras.

- Evite carnes pesadas e gordura animal.

- Evite sobrecarregar o organismo, prefira fazer de cinco a seis refeições pequenas ao longo do dia.