Notícias

13/06/2022

HDP realiza centésima cirurgia de próstata com técnica inovadora

HOLEP é indicado para Hiperplasia Prostática Benigna (crescimento da próstata)

O Hospital Divina Providência (HDP) realizou nesta segunda-feira, 13, o centésimo procedimento de enucleação endoscópica da próstata com laser holmium (HOLEP). O Divina foi pioneiro na utilização dessa técnica em Porto Alegre, a partir de outubro de 2021, e é um dos poucos centros do Brasil que oferecem a opção aos pacientes. 

O urologista e coordenador do Bloco Cirúrgico do HDP, Dr. Eduardo Terra Lucas, responsável pela cirurgia, juntamente com o Dr. Eduardo Gastal Vieira, explica que a técnica é indicada para Hiperplasia Prostática Benigna, o crescimento da próstata. “Com o avanço tecnológico do laser, conseguimos tirar toda a parte que cresce, reduzindo a chance de que o problema volte”, acrescenta. Os dois especialistas também atuam no Hospital Moinhos de Vento, o único a realizar o procedimento além do HDP na Capital.


O urologista cita, ainda, as vantagens de ser uma cirurgia definitiva, com um perfil de segurança muito elevado. O risco de sangramento é menor e o paciente fica apenas um dia internado. Na técnica tradicional Ressecção transuretral da próstata (raspagem), a internação dura, em média, três dias. Além disso, o HOLEP pode ser aplicado a qualquer tamanho de próstata, por via endoscópica (uretral), e é menos invasivo por não exigir corte no abdômen. 


Segundo o Dr. Eduardo, cerca de 50% dos homens com mais de 50 anos, sofrem de Hiperplasia Prostática Benigna em algum grau, o que gera dificuldade para urinar. “O jato fica mais fraco, a pessoa precisa ir ao banheiro muitas vezes, inclusive à noite, afetando a qualidade de vida.”  Ele esclarece que a Hiperplasia não representa fator de risco para desenvolver câncer de próstata. 

Confira outras notícias