Notícias

31/08/2021

UTI do Divina Providência capacitada para um atendimento especializado, seguro e amoroso 

A Unidade de Terapia Intensiva (UTI) é o setor do hospital que atende  pacientes em estado grave/crítico decorrente de doenças clínicas de qualquer natureza, como infecções, infartos e derrames, entre outros. Além disso, também atende àqueles que passaram por grandes cirurgias, que podem fazer parte do tratamento de cânceres, problemas abdominais ou cardíacos. Nesse sentido, podem ser cirurgias de urgência ou eletivas.

Para isso, a UTI do Hospital Divina Providência funciona em três espaços, dispondo de estrutura física adequada e é amparada por setor de Radiologia (aparelhos de tomografia, ressonância magnética), Laboratório de Hemodinâmica e Bloco Cirúrgico. Isso representa suporte tecnológico, guiado por profissionais especializados em diversas áreas que atuam em conjunto para o obter o melhor cuidado do paciente.  

O coordenador médico da UTI, Vinicius Daudt Morais, acrescenta que o sucesso do tratamento do paciente grave é resultado do trabalho qualificado, especializado e multidisciplinar, aliado à humanização no cuidado dos pacientes, “fiel ao propósito de cuidado amoroso à vida’ praticado na Rede de Saúde Divina Providência.”

Saiba mais como funciona a UTI

Estrutura física

UTI 7 – 16 leitos

UTI 6 – 16 leitos

UTI 2 – 10 leitos

- Leitos completos.

- Boxes individualizados e informatizados.

- Monitores multiparâmetros que monitoram os sinais vitais dos pacientes e demais medidas mais complexas.

- Equipamentos para a realização de exames.

- Telefone específico em cada UTI.

Equipe de 250 profissionais especializados

Médicos intensivistas, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, nutricionistas, farmacêuticos, psicólogos e assistente social.

Grupos Multiprofissionais

Grupo de Pele, de Atendimento a Parada Cardiorrespiratória, de Cateteres e Núcleo Interno de Segurança do Paciente  (análise de eventos adversos).

Segurança assistencial

- Protocolos assistenciais visando à eficácia do tratamento e a segurança dos pacientes.

- Rounds multidisciplinares nos turnos da manhã e tarde para traçar o plano terapêutico de cada paciente.

 - Checagens eletrônicas à beira leito na administração das medicações e bipagem via pulseira de identificação com código de barras.

- Rapidez na internação de pacientes provenientes das unidades de internação e da Emergência.

Atendimento humanizado

- Reiki aplicado uma vez ao dia para favorecer o bem-estar físico e psicológico dos pacientes.

- Musicoterapia e Aromaterapia iniciarão em setembro.

Confira outras notícias