Sua Saúde

21/03/2022

Disfagia: sinalizações contribuem com a eficácia e a segurança na alimentação

Equipe de Fonoaudiologia do HDP criaram placas indicando as condições de alimentação e deglutição dos pacientes

O Dia Nacional de Atenção à Disfagia, 20 de março, é dedicado a alertar a população e os  profissionais de saúde, além de ampliar o cuidado sobre os riscos gerados pelo problema e reforçar a  importância do diagnóstico e do tratamento precoces.

O que é Disfagia

A disfagia orofaríngea é caracterizada como uma dificuldade para deglutir a saliva, alimentos e/ou líquidos. Pode ocorrer em qualquer faixa etária, desde recém-nascidos, até idosos. Os sinais da disfagia são tosse durante ou após a alimentação, engasgos, sensação de alimento parado na garganta, dificuldade ou lentidão durante a alimentação, entre outros.

Pessoas com disfagia podem apresentar isolamento social durante a alimentação, pneumonias recorrentes, desnutrição, desidratação e, até, consequências mais graves, como o óbito. Por isso, a identificação e o tratamento precoces são essenciais.

Plaquinhas

Com o objetivo de conscientizar os profissionais e usuários do Hospital Divina Providência sobre os cuidados envolvidos durante a deglutição, tanto de alimentos, líquidos e/ou medicamentos, a equipe de Fonoaudiologia criou placas. Elas servem para identificar as condições de alimentação e deglutição dos pacientes. As sinalizações favorecem a comunicação com a equipe e com os familiares, contribuindo para a segurança e a eficiência durante a alimentação. 

Confira outras notícias