Notícias

23/11/2022

“A UTI Neonatal do HE é o lugar onde a magia acontece”

Confira o relato da mamãe Daniele da Costa sobre o nascimento dos gêmeos Arthur e Augusto

O Hospital Estrela da Divina Providência presenciou o nascimento dos gêmeos prematuros Arthur e Augusto. A cada dia, a mamãe Daniele da Costa, o papai Eduardo Uebel e toda a equipe de profissionais da UTI Neonatal acompanharam, com muita expectativa, a evolução dos filhos. 


A mamãe detalha como foram os primeiros dias de vida dos filhos, nascidos no dia 24 de setembro, relatando as emoções sentidas nos 53 dias, entre idas e vindas, que os filhos passaram pela UTI Neonatal.


"Guerreiros! Essa é a palavra que define o Arthur e o Augusto. Desde que descobrimos a gestação, muita coisa mudou em nossas vidas. Nossa prioridade foi garantir a saúde de nossos meninos. Tivemos, ao nosso lado, o melhor obstetra, Dr. Yuri Hermann, que não mediu esforços para que tudo ocorresse, perfeitamente, bem ao longo de toda a gestação, e até na preparação e no acompanhamento do parto de emergência no HE com o Dr. Miguel Gassul. Desde o início, sabíamos dos riscos, principalmente, do parto prematuro, mas sempre fomos confiantes em todo o processo”, afirma.


A mamãe conta as vitórias comemoradas a cada dia. “Foram 53 longos dias de idas e vindas à UTI Neonatal. Os meninos nasceram fortes, e cada dia era uma vitória na evolução deles dentro da UTI. Somos imensamente gratos à toda a equipe do HE, às médicas e aos enfermeiros competentes, que de forma incansável, estavam lá para fazer o possível e, até mesmo, o impossível pelos nossos meninos”, diz.


Agora, Arthur e Augusto abrilhantam os dias da família. “É inexplicável o sentimento de felicidade que define o nosso momento atual, com os meninos já em casa. Todo o caminho percorrido valeu a pena, com certeza. A UTI Neonatal do HE, realmente, é o lugar onde a magia acontece”, ressalta a mamãe.


Novembro Roxo

A sensibilização da prematuridade conta com campanha especial em novembro. Neste mês, ocorre o Novembro Roxo, campanha internacional que tem como objetivo principal promover o reconhecimento da prematuridade e ações de conscientização para prevenir o parto prematuro, além de ressaltar os cuidados para uma gestação mais segura.


De acordo com a Organização Mundial da Saúde, bebê prematuro é aquele que nasce com menos de 37 semanas de gestação. No Brasil, 12% dos nascimentos são de bebês prematuros, o que representa cerca de 340 mil por ano.

No ranking da prematuridade, o Rio Grande do Sul registra 12,2% de partos prematuros e está acima da média mundial, que é de 10%. A prematuridade é a principal causa de mortes de crianças menores de 5 anos.

Confira outras notícias

Doe Agora