Notícias

03/05/2022

"Sensibilidade" é a atitude orientadora para maio no Ano Jubilar da Congregação

Momentos de espiritualidade integram ações para celebrar os 180 anos da Congregação das Irmãs da Divina Providência

A atitude orientadora de maio para as Irmãs e os colaboradores da Rede de Saúde Divina Providência (RSDP) é a sensibilidade. A mensagem divulgada para o momento de espiritualidade desta terça-feira diz que sensibilidade “é a capacidade de colocar-se no lugar do outro, acolher sentimentos e emoções com empatia, o que leva as pessoas a ajudarem umas às outras.” 

A corrente de oração nas unidades da RSDP ocorre no dia 3 de cada mês e integra as atividades do Ano Jubilar dos 180 anos da Congregação das Irmãs da Divina Providência, que serão completados em 3 de novembro de 2022.

Em maio, também é homenageado o Monsenhor Topp, um sacerdote alemão que, em missão no Brasil, sentiu a necessidade de uma congregação feminina que pudesse colaborar na promoção e no cuidado da saúde, educação e pastoral. Ele pediu, então, à Congregação das Irmãs da Divina Providência, na pessoa de Madre Bertha, que abrisse uma nova região missionária. Várias irmãs se ofereceram para atuar no Brasil e seis foram escolhidas: Anna, Rufina, Oswalda, Albertina e Paula.


Em 11 de fevereiro de 1895, as seis religiosas partiram de navio da Alemanha para o Brasil, acompanhadas do padre Topp. Três delas foram destinadas para Blumenau e três para Tubarão (SC), iniciando a história da Congregação no país.

Nas fotos, os momentos de oração nos hospitais São Jsoé e Santa Isabel e a entrega de mensagens acolhedoras e de sensibilização entregues pelo grupo do Carisma no Hospital Estrela.

Confira outras notícias