Notícias

01/11/2019

Divina Providência faz o alerta do Novembro Azul

Câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, e estima-se mais de 68 mil casos este ano.

Texto: Bruna Gandolfo/Foco Comunicação

O Novembro Azul é o mês de conscientização sobre câncer de próstata. Mais do que isso, é o mês para chamar a atenção dos homens sobre os cuidados com sua saúde. Estudos publicados pelo Ministério da Saúde mostram que as mulheres são muito mais atentas. Eles apontam que, só em 2017, 80 milhões de mulheres se consultaram com médicos a mais do que os homens.
O problema é que, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), no Brasil, o câncer de próstata é o segundo mais comum entre os homens, e estima-se que serão mais de 68 mil casos da doença neste ano.


O que é câncer de próstata?
É o tumor que afeta a próstata, glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis. Embora seja uma doença comum, por medo ou por desconhecimento, muitos homens preferem não conversar sobre esse assunto.

Na presença de sinais e sintomas, recomenda-se a realização de exames. A doença é confirmada após fazer a biópsia, que é indicada ao encontrar alguma alteração no exame de sangue (PSA) ou no toque retal, que somente são prescritos a partir da suspeita de um caso por um médico especialista. Números do INCA apontam para uma taxa de cura de mais de 86%.

Quais os fatores de risco?
Existem alguns fatores que podem aumentar as chances de um homem desenvolver câncer de próstata. São eles:

* Idade: o risco aumenta com o avançar da idade. No Brasil, a cada dez homens diagnosticados com câncer de próstata, nove têm mais de 55 anos.
* Histórico de câncer na família: homens cujo o pai, avô ou irmão tiveram câncer de próstata antes dos 60 anos, fazem parte do grupo de risco.
* Sobrepeso e obesidade: estudos recentes mostram maior risco de câncer de próstata em homens com peso corporal mais elevado.

Entre os fatores que mais ajudam a prevenir o câncer de próstata estão:
* Ter uma alimentação saudável.
* Manter o peso corporal adequado.
* Praticar atividade física.
* Não fumar.
* Evitar o consumo de bebidas alcoólicas.

Sinais e sintomas do câncer de próstata
Na fase inicial, o câncer de próstata pode não apresentar sintomas e, quando apresenta, os mais comuns são:
* Dificuldade de urinar;
* Demora em começar e terminar de urinar;
* Sangue na urina;
* Diminuição do jato de urina;
* Necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.

Quais exames são feitos para investigar o câncer de próstata?
"Em geral a realização do toque é recomendada aos 50 anos juntamente com o PSA (exame de sangue). Se o paciente for negro ou com histórico familiar, a recomendação é que seja realizado a partir dos 45 anos. Mas claro, tudo é individualizado na consulta e após algumas situações, ele não precisa ser realizado anualmente e sim de forma individualizada (caso a caso)", explica o urologista do Hospital Divina Providência (HDP), Eduardo Terra Lucas.