Notícias

12/04/2019

UTI Neonatal do HDP utiliza música como terapia

Bebês submetidos às sessões apresentaram resultados positivos nas variáveis fisiológicas

A música tem sido uma companheira de luta dos bebês da UTI neonatal do Hospital Divina Providência. A musicoterapia, uma terapia complementar, busca o bem-estar dos pacientes, por meio da utilização de melodias no ambiente hospitalar para a prevenção e apoio aos problemas de saúde. O HDP realizou uma pesquisa para a comprovação da técnica em 65 bebês da Unidade de Terapia Intensiva da Neonatal. As observações foram feitas entre os meses de junho e outubro do ano passado. Os familiares e responsáveis dos pacientes estavam cientes e 100% deles perceberam resultados positivos.

O único som permitido no ambiente é o da música. Por conta disso, médicos e enfermeiros são instruídos a fazer o menor barulho possível para não incomodar os 13 bebês da unidade. Jamir Berton, mãe de Théo Henrique, prematuro de 625g internado há cerca de 3 meses, conta que a terapia complementar implementada no Divina  traz esperança aos dias tensos na UTI: “Com a musicoterapia, essa espera tem sido de paciência, ressiginificação e um grande exercício de enxergar o mundo com os outros olhos.” contou a mãe.

A experiência da musicoterapia acontece desde o ano passado no Hospital Divina Providência. As sessões da terapia complementar são realizadas duas vezes ao dia, pela manhã e ao final da tarde. A enfermeira Neuza  Polesello conta que nos momentos em que a canção de ninar ecoa pela UTI, a emoção toma conta do local. “É um afago na alma. Um momento de delicadeza, de troca entre a mãe e o bebê. Um momento de sensibilidade. Muitas vezes algumas mães choram. Mas não  um choro de tristeza e sim, um choro de emoção. Esse sentimento aproxima muito mais a mãe e o bebê.” afirmou.

A implantação da Musicoterapia na UTI neonatal do HDP é um dos subprojetos do  Ambulatório de Terapias Naturais e Complementares 1º de Maio. O ATNC atende diariamente cerca de 50 pessoas que vivem próximo ao Hospital Divina Providência. A assistência no local é baseada em terapias naturais e integrativas. O programa conta com uma equipe especializada em homeopatia, Reiki, cromoterapia, acupuntura, assistência nutricional, florais, yoga, biodança, meditação, oficina de fitoterapia, acolhimento e procedimentos de enfermagem. Além disso, as terapias complementares são ofertadas em mutirões de saúde, que ocorrem em vários bairros da cidade para comunidades carentes. Somente em 2018, mais de 10 mil pacientes foram atendidos. O ATNC funciona diariamente das 8h às 17h30min, sem fechar ao meio dia. Mais informações pelo fone (51) 3318.4007.