Notícias

30/10/2018

Neuroclínica do Divina Providência em entrevista no Dia de Combate ao AVC

Texto: Bruna Gandolfo/CDN Comunicação

Dra. Magdalena Laser é neuroclínica do HDP

Dra. Magdalena Laser é neuroclínica do HDP

Atualmente, as doenças neurovasculares, especialmente os Acidentes Vasculares Cerebrais (AVCs), são a principal causa de mortes e incapacidade no Brasil, de acordo com a Sociedade Brasileira de Doenças Cerebrovasculares (SBDCV). A prevenção desta enfermidade é fundamental, mas quando não é possível se evitar, o socorro rápido pode salvar vidas e diminuir as sequelas. Em 29 de outubro, estipulado como o  Dia Mundial de Combate ao Acidente Vascular Cerebral (AVC), o Hospital Divina Providência participa deste movimento de conscientização.

Nesse espírito, a médica neuroclínica do HDP, Dra. Magdalena Laser, foi entrevistada no programa Guaíba News. Durante a entrevista, ela falou sobre cuidados, prevenção e sinais dos AVCs. Confira, no link abaixo, o áudio da entrevista.

https://soundcloud.com/user-80093572/dra-magdalena-laser-em-entrevista-a-radio-guaiba

De acordo com o coordenador médico da emergência do hospital, Dr. Leandro Menzen, os sintomas de um AVC quase sempre são muito mais sutis: "Geralmente, o paciente apresenta alteração da fala e da visão, desequilíbrio, dormência e fraqueza em um lado do corpo”.

O médico salienta que cerca de 84% dos AVCs correspondem ao tipo isquêmico. Além disso, há no mercado um medicamento que reduz o número de mortes e a gravidade de sequelas em 60% dos casos. “Apesar do alto índice de sucesso há uma particularidade na administração da medicação, ela deve ser usada dentro das primeiras 4h e 30 minutos do início do quadro de AVC isquêmico. Depois deste tempo, o reestabelecimento do fluxo cerebral nas áreas envolvidas não permitirá apropriada recuperação e o risco de complicações aumenta”, destaca o dr. Menzen. Por isso, é preciso estar atento ao horário de início dos sintomas e procurar uma Emergência o quanto antes. O tratamento precoce fará toda a diferente no futuro deste paciente.

Saiba mais

O que é?

O AVC também é conhecido popularmente por "derrame cerebral" e acontece quando há uma obstrução em um dos vasos sanguíneos presentes no cérebro. Quando isso ocorre, a parte do cérebro atingida começa a ser destruída.

O isquêmico se dá quando há uma obstrução da artéria, impedindo a passagem de oxigênio para as células cerebrais, que morrem - essa condição é chamada de isquemia. O hemorrágico decorre do rompimento de um vaso.

Principais sintomas

* Perda repentina da força muscular e formigamento em um dos lados do corpo;

* Cegueira ou dificuldade para enxergar;

* Paralisia facial (muitas vezes, os sinais são “boca torta” e pálpebra superior caída);

* Tontura;

* Dificuldade de fala e de entendimento.

Socorro imediato

Tão logo algum desses sintomas se instale, o paciente deve ser levado imediatamente para um hospital, pois os tecidos cerebrais começam a morrer assim que é interrompida a oxigenação.

Quanto mais rápido for o atendimento, maior a chance de reduzir as sequelas, que podem envolver perda de movimentos e de sensibilidade, dificuldade para falar ou entender, deficiência cognitiva e alterações de memória.