Notícias

13/06/2018

Hospital Independência oferece programa gratuito para tratamento de dor na coluna

Texto: Maria Amélia Vargas

Desde 2015, o Hospital Independência (HI), que faz parte da Rede de Saúde Divina Providência, desenvolve um serviço gratuito para atender pessoas acometidas por dor crônica na coluna. O Programa Sem Dor, voltado para pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), aposta na humanização das práticas de saúde e na psicoeducação como formas alternativas para lidar com este problema.

“Tendo em vista que mais de 80% dos pacientes que nos procuravam com estes sintomas não tinham indicação de cirurgia, criamos uma alternativa terapêutica minimamente invasiva para o manejo da dor”, explica Lucas Prado, psicólogo-clínico do HI.

Para participar do Programa, o paciente precisa ser encaminhado por um médico especialista. Após a primeira consulta, ele é internado no hospital para a realização de bloqueio analgésico, acompanhado dos primeiros atendimentos de especialidades recomendadas para cada caso – ao todo são nove: traumatologia especialidade em coluna, fisioterapia, nutrição, acupuntura, psicologia, psiquiatria, farmácia, enfermagem e assistência social.

Na segunda etapa, com duração de seis meses, é realizado um acompanhamento multiprofissional do paciente, seguido de atendimentos quinzenais em grupo por três meses. A equipe conta atualmente com dois médicos ortopedistas especialistas em coluna, um médico psiquiatra, dois psicólogos, uma enfermeira, uma nutricionista, uma assistente social, uma fisioterapeuta, uma técnica em acupuntura, uma farmacêutica e uma estagiária de enfermagem. Alguns dos profissionais dedicam-se ao programa em horário integral dentro da jornada de trabalho na instituição.

Mais de 770 pessoas com dor classificada a partir do nível quatro na Escala Visual Analógica (EVA) por um período superior a 30 dias (caracterizando dor crônica) já realizaram o tratamento até o momento. Destas, a maioria do sexo feminino (83%) e com mais de 50 anos.

Objetivo

Alcançar melhora da Qualidade de Vida do paciente trabalhando seu contexto biopsicossocial, com enfoque interdisciplinar, além de oferecer alternativa terapêutica minimamente invasiva para o manejo da dor.

Critérios de inclusão

Pacientes provenientes da rede de atenção básica de saúde, portadores de patologia dolorosa na coluna, com intensidade de dor superior a 4 na Escala Visual Analógica (EVA) e com duração superior a 30 dias, caracterizando dor crônica.

Critérios de exclusão

  • Contraindicação médica
  • Desistência por parte do paciente

 
INGRESSO DE PACIENTES

 Médico especialista encaminha ao Programa

1° ETAPA: INTERNAÇÃO HOSPITALAR

 Realização de Bloqueio Analgésico; Primeiros atendimentos por especialidades

2° ETAPA: SEGMENTO AMBULATORIAL

Atendimento Multiprofissional – Especialidades (Duração 6 meses)

3° ETAPA: GRUPOS OPERATIVOS

Atendimentos quinzenais em grupo (Duração 3 meses)

Alta do Programa

Especialidades Ofertadas

  • Traumatologia especialidade em coluna
  • Fisioterapia
  • Nutrição
  • Acupuntura
  • Psicologia
  • Psiquiatria
  • Farmácia
  • Enfermagem
  • Assistência Social

Confira matéria veiculada na TVE:

https://www.facebook.com/RededeSaudeDivinaProvidencia/videos/2238110486205993/