Notícias

11/01/2018

Rede de Saúde Divina Providência avança na gestão e serviços em 2017

Hospital Divina Providência

Hospital Divina Providência

O ano de 2017 foi de avanços para a Rede de Saúde Divina Providência (RSDP). A avaliação é  do diretor-geral de Operações, José Clóvis Soares. Ele destaca que apesar da crise econômica e financeira do país e das dificuldades enfrentadas no setor da saúde pública, a RSDP manteve a oferta de serviços pelo SUS em mais de 60% de leitos-dia.

“Mantivemos o atendimento humanizado,  com qualidade e resolubilidade pelo SUS nos hospitais Independência, 100% SUS; São José, 87%,  Santa Isabel, 94% SUS”, revela o diretor. O Hospital Divina Providência atende convênios e particulares. Além disso, o Independência se consolidou como uma das referências do RS na realização de cirurgias de ortopedia e traumatologia pelo SUS.

Conforme José Clóvis, o índice médio de satisfação dos clientes se manteve superior a 90%, apurado em pesquisas periódicas. Outro fator positivo foi a manutenção do quadro de funcionários e a oferta de vagas.

Gestão

A RSDP qualificou a gestão,  baseada em indicadores e metas. “Nessa área, atuamos de forma estratégica, compartilhada e  com espiritualidade”, explica José Clóvis. Acrescenta que são desenvolvidos projetos estratégicos para implementação de controles internos, definição de políticas, normas e diretrizes em rede, assim como acompanhamento das performances econômica, financeira e de orçamento.