:: Outras notícias
»  Prevenção é o melhor remédio para o câncer de mama
»  Divina conta com uma das mais qualificadas equipes de Cirurgia Cardíaca aberta convencional do Rio Grande do Sul
»  Divininho destaca posse da CIPA e novo protocolo de prevenção do Tromboembolismo Venoso
 
 
 
Usuário: 
  
Senha: 
 
Pré-check-in
Banco de Imagens
Bebê na Web
Pronto Atendimento
Fale Conosco
Localização
Trabalhe Conosco
Escola de Saúde
 
Design: 3W ::: Produção e Edição: Seiva Agência de Comunicação - Direitos Reservados
  
::: 10/01/2017
Divininho destaca comemorações de Natal e traz resumo sobre as ações de 2016
A edição de número 150 do Divininho está em clima de Natal. A última edição do ano de 2016 trouxe na capa a celebração de Natal, que aconteceu no dia 15 de dezembro. A missa foi presidida pelo capelão Pe. João Carlos Strack. O religioso ressaltou que, como cristãos, devemos compartilhar a dignidade, o espírito de reconciliação, de paz e amor. O Grupo de Canto entoou lindas canções natalinas. As celebrações de Natal seguiram no dia 17 de dezembro, durante a festa na Escola Leopoldo Neis. A festa de Natal faz parte da Campanha Criança Feliz, organizada pela Pastoral da Saúde do Hospital, sob a coordenação da Irmã Elise Sehnem, sendo realizada anualmente junto com os funcionários. A realização do evento contou com a participação dos funcionários do Ambulatório de Terapias Naturais e Complementares 1º de Maio, do Hospital, do Rotary Clube e das professoras do Serviço de Apoio Socioeducativo (SASE) e CENEAMM (Centro de Educação e Assistência de Meninos e Meninas 1º de Maio). A edição também apresenta os colegas que foram promovidos em suas funções no Hospital.
.: Leia Mais >
 
::: 27/12/2016
Aumenta conscientização para prevenir o câncer de intestino
A Linha de Cuidados do Aparelho Digestivo está cada vez mais estruturada para atender a demanda, que aumentou significativamente nos últimos anos. A constatação é do médico proctologista, Luis Carlos Adamatti, revelando que um número bastante significativo de pessoas têm buscado orientações e exames preventivos contra o câncer de Colo e Reto. “Constatamos que muitos pacientes têm buscado o exame através da orientação de seu clínico, quando faz o checkup anual. Isto mostra que está havendo maior conscientização sobre a importância da prevenção”, destaca. Conforme Dr. Adamatti, no Rio Grande do Sul, o câncer de intestino grosso é o segundo mais incidente em mulheres e o terceiro em homens. Serviços ficaram mais ágeis e seguros As equipes da Linha de Cuidados do Aparelho Digestivo atendem também os pacientes internados, a Emergência e os encaminhados pelo Centro Clínico, além dos casos eletivos. “Com a ampliação da equipe, nossos serviços ficaram mais ágeis e seguros, com disponibilidade de horários diversos para exames, cujos laudos são feitos na hora. As exceções são as biópsias, que são encaminhadas para o laboratório e demoram um pouco mais”, informa.
.: Leia Mais >
 
::: 23/12/2016
Presentes arrecadados pelos funcionários do Divina fazem a alegria de crianças de 22 instituições
As gargalhadas e risadas se espalharam pela Escola Leopoldo Neis, na tarde de 17 de novembro, durante a festa de Natal que ocorreu para a distribuição dos presentes arrecadados pelos funcionários do Hospital. E não poderia ser diferente diante de uma tarde cheia de brincadeiras com cama elástica, palhaços, escorregador, pé de lata, bambolê, boca de palhaço, lanches e apresentação do Presépio de Natal, com a chegada do Papai Noel. A festa de Natal faz parte da Campanha Criança Feliz, organizada pela Pastoral da Saúde do Hospital Divina, sob a coordenação da Irmã Elise Sehnem, realizada anualmente junto com os funcionários da instituição. Foram arrecadados 1.769 pacotinhos de doces, que foram distribuídos na Escola Leopoldo Neis, em 22 creches das proximidades Hospital e em instituições que atendem crianças em situação de risco na cidade. Incansáveis, as crianças que foram à Escola Leopoldo Neis não pararam um minuto, não se importando com o calor e o suor que escorria dos rostinhos iluminados. “Foi uma tarde inesquecível, organizada com muito carinho”, destacou Daiane Benites, que contou com a ajuda de muitos voluntários. A realização do evento contou com a participação dos funcionários do Ambulatório de Terapias Naturais e Complementares 1º de Maio, do Hospital, do Rotary Clube, e das professoras do Serviço de Apoio Socioeducativo (SASE) e CENEAMM (Centro de Educação e Assistência de Meninos e Meninas 1º de Maio).
.: Leia Mais >
 
::: 21/12/2016
Hospital aprimora Linha de Cuidados do Aparelho Digestivo
O serviço visa aprimorar o atendimento dos pacientes oferecendo cuidado multidisciplinar, humano e de qualidade em todas as suas necessidades. O coordenador da Linha de Cuidados, o gastroenterologista César Al-Alam Elias, explica que o Hospital já disponibiliza o atendimento especializado no Centro Clínico, com ampla oferta de horários e vinculação com a Emergência. “Pacientes atendidos na Emergência e identificados como tendo doenças relacionadas às especialidades do aparelho digestivo, mas sem indicação de internação, têm a possibilidade de agendamento de consultas com os especialistas”, frisa o médico. Ainda conforme Dr. César Elias a esses pacientes também é oferecido um setor de Endoscopia, para realização de endoscopias altas e colonoscopias, com ambiente recentemente revitalizado e com equipamentos de alta qualidade. Atendimento humanizado, ágil e eficaz O gastroenterologista informa ainda que o melhor atendimento ao paciente internado também é objetivo da Linha de Cuidados do Aparelho Digestivo. “Buscamos assegurar o atendimento humanizado, característica do Divina, ágil e eficaz”, resume. Para isso, além das equipes de internação, são disponibilizados profissionais de sobreaviso para endoscopias e cirurgias de urgência.
.: Leia Mais >
 
::: 16/12/2016
Rede de Saúde Divina Providência apresenta case em evento da Federação dos Hospitais Filantrópicos
A direção da Rede de Saúde Divina Providência apresentou, no final da manhã de hoje, um balanço da instituição, no ano que está terminando, e fez suas projeções para 2017, no seminário “Cenário 2017 – Perspectivas e Oportunidades”, da Federação das Santas Casas e Hospitais Beneficentes, Religiosos e Filantrópicos do RS. Além do Hospital Divina Providência a rede é integrada pelos hospitais Independência, de Porto Alegre; São José, de Arroio do Meio; e Santa Isabel, de Progresso. A atividade ocorreu durante todo o dia de hoje no Hotel Continental, na Capital. O primeiro a falar pela Rede foi o diretor geral de Operações, José Clóvis Soares. O dirigente declarou que, diante do quadro econômico pessimista para o país no próximo ano e da previsão de diminuição de verbas públicas para o setor, não resta outra opção aos hospitais a não ser a permanente adequação à realidade. “O fato de termos sobrevivido em 2016 demonstra que tivemos competência e capacidade de gestão”, frisou. O diretor geral de Operações da Rede de Saúde Divina Providência citou a previsão da Conferência Nacional da Indústria (CNI) de um Produto Interno Bruto (PIB) para 2017 de 0,5%. “Mesmo com as incertezas esperadas colocamos em nosso Planejamento Estratégico uma meta de crescimento de 6,65% para nossos hospitais. Essa pretensão é ousada, mas temos que acreditar que é possível e trabalhar muito”, destacou Clóvis.
.: Leia Mais >
 
::: 15/12/2016
Práticas simples podem evitar a Embolia Pulmonar
O Hospital Divina Providência mantém uma preocupação constante com a qualidade do atendimento de seus pacientes. Evitar a ocorrência da embolia pulmonar, através de medidas preventivas é uma dessas metas. O médico hospitalista, Diego Menegotto, esclarece que o tromboembolismo venoso é um termo que engloba a trombose venosa profunda e a embolia pulmonar. A trombose corresponde à formação de um coágulo em alguma veia do paciente, mais comumente nos membros inferiores, causando edema (inchaço). A embolia pulmonar em geral é consequência de uma trombose venosa e ocorre quando um coágulo se “desprende” de onde estava e se desloca até uma artéria do pulmão, determinando uma interrupção da irrigação sanguínea do deste órgão. Dr. Diego acrescenta que é, portanto, um quadro grave que representa uma importante causa de morte no ambiente hospitalar. Todo o paciente que esteja com sua mobilidade reduzida está sob risco aumentado de desenvolver tromboembolismo, sendo que alguns grupos estão sob risco ainda maior como os pacientes com câncer e em pós-operatório.
.: Leia Mais >
 
::: 15/12/2016
Hospital procura canais de aproximação com seus médicos
O engajamento médico com a instituição e a formação de parcerias para alcançar objetivos comuns. Este foi o tema da palestra proferida pelo representante da Advisory Board Company, Daniel Dellaferrera, ministrada no Divina, no dia 29 de novembro. Daniel, que atua na unidade de Washington (EUA), esclareceu que há a necessidade da criação de um novo perfil médico, e não se pode esperar uma nova geração se formar para realizar essa transformação. “Esse é o ano da mudança nesse sentido, porque está acontecendo um período de instabilidade constante”, explicou Daniel. Para que essa mudança no perfil aconteça, é necessário que o médico se sinta representado pela instituição na qual trabalha. Porém, segundo Daniel, quem deve tomar a iniciativa para essa aproximação é a instituição. “Não vai haver progresso se não houver uma confiança mútua entre direção e médicos”, ressaltou. No final da manhã foram apresentados estudos de caso para que os participantes identificassem quais medidas dariam certo se aplicadas no Divina.
.: Leia Mais >
 
::: 12/12/2016
Divininho destaca comemoração dos 174 anos da Congregação das Irmãs da Divina Providência
A edição número 149 do Divininho trouxe na capa um destaque especial para a comemoração dos 174 anos de fundação da Congregação das Irmãs da Divina Providência. Uma Missa de Ação de Graças contou com a presença da Associação Rede Divina Providência de Ação Social e Cidadania (Redipasc), da direção da Sociedade Sulina Divina Providência e da diretoria e funcionários da Rede de Saúde Divina Providência. Ao final da celebração, um grupo de funcionários da Rede encenou o início da Congregação. A melhoria da qualidade da alimentação servida aos funcionários do turno da noite também foi destaque na publicação. A coordenadora do Serviço de Nutrição e Dietética (SND), Veridiana Maffassiolli, está satisfeita com o empenho da equipe. Três nascimentos também foram publicados na capa da edição de novembro. Valentina, filha da funcionária Stephani Morosini Presser; Anthony Miguel, filho da funcionária Marilei Batista Jacobsen; e Helena, filha da colega Ana Paula Scrittori, nasceram com muita saúde.
.: Leia Mais >
 
::: 09/12/2016
Orientações do Curso de Gestantes são essenciais para papais e mamães
O Curso de Gestantes do Hospital Divina Providência encerrou as atividades do ano disseminando conhecimentos práticos aos casais que se programaram para ter filhos. A última edição do Curso ocorreu nos dias 28 e 30 de novembro e 3 de dezembro. A proposta do projeto é instruir papais e mamães para a chegada de um novo integrante na família. A partir na próxima semana o Hospital terá muitas novidades para os casais que quiserem planejar o parto com antecedência. O casal Jamila Sampaio e Roberto Farina aproveitou o Curso para aprender muito. “Como seremos pais de primeira viagem e não temos ninguém com experiência por perto o curso foi ótimo para adquirir novos conhecimentos” conta Jamila. Ela espera a chegada do Tobias, e está com 27 semanas de gravidez. O casal Gisele Ohlweiler Santos e Tiago dos Santos também se prepara para a chegada do Gabriel, primeiro filho do casal. Eles encontraram a indicação do curso na internet, e adoraram a experiência. “Nós gostamos bastante. Foi, efetivamente, muito útil”, pondera Gisele. Ela está chegando ao final das 40 semanas de gravidez e acha que poderiam ter feito o curso antes.
.: Leia Mais >
 
::: 29/11/2016
Doe sangue, salve vidas.
Horário e local para coleta: -De segunda à sexta-feira, das 8h às 18h e sábados das 8h às 12h. -Local: Rua da Gruta, 145 - 1º andar - Hospital Divina Providência Telefone: 51 3320.6012 O sangue doado é usado para assegurar um direito primordial, o direito à vida. Sua atitude em doar sangue é a esperança de muitos pacientes que precisam de sangue para continuar vivendo. Como não há substituto para o sangue, não há substituto para o doador, ele é especial. É preciso que as pessoas saudáveis doem regularmente. Cada doador pode salvar até quatro vidas, esse deve ser um motivo de alegria para quem doa sangue e um incentivo para que esse gesto tão grandioso venha atornar-se hábito, o de salvar vidas. A doação de sangue A coleta é feita por pessoal capacitado, sob a supervisão de um enfermeiro ou médico, garantindo o bem-estar do doador. O ambiente é limpo, confortável e todo o material é descartável. Na coleta é retirado aproximadamente 450 ml de sangue. Esse volume não causa prejuízo nenhum à saúde do doador. O sangue é reposto rapidamente com a ingestão de líquidos e o ferro é reposto através da alimentação. Após a coleta, uma pequena amostra de sangue vai para exames laboratoriais e, somente após os resultados, para transfusão. Esses resultados estarão à disposição do doador 15 dias após a coleta.
.: Leia Mais >
 
::: 28/11/2016
Equipe representa Divina em II Mostra de Atenção Primária
O Ambulatório de Terapias Naturais e Complementares 1º de Maio, do Hospital Divina Providência, participou no dia 25 de novembro, da II Mostra de Experiências Exitosas em Atenção Primária da Gerência Distrital Glória-Cruzeiro-Cristal. O evento aconteceu no auditório da UniRitter, onde foram atendidas 99 pessoas. “Nossa meta é contribuir para que todas as pessoas possam ter acesso às terapias investigativas”, afirma Daiane Benites, enfermeira coordenadora do Ambulatório 1º de maio. Outra atividade do dia foi o grupo de yoga laboral, coordenado pela terapeuta holística Debora Risch. No dia 26 de novembro, o Ambulatório 1º de Maio realizou Mutirão de Saúde na Escola Silva Paes.
.: Leia Mais >
 
::: 16/11/2016
Unidade Endovascular do Divina chega aos 5 anos de atuação
Um grupo de 65 funcionários atuando 24 horas por dia, em duas salas de hemodinâmica. Este é tamanho atual do Setor Endovascular do Hospital Divina Providência. A coordenadora de Enfermagem da Área Cirúrgica, Irmã Glaci Willers, conta que o novo núcleo iniciou suas atividades em abril de 2011, em sala anexa ao Centro Cirúrgico Ambulatorial, no 2º andar. Em maio de 2013 foi inaugurada a 2ª sala de Hemodinâmica e criado oficialmente o Setor Endovascular. A Unidade é uma das mais modernas e bem equipadas do Estado. A ampliação possibilitou que diversos procedimentos fossem realizados, sob a gerência médica do cardiologista Dr. Gilberto Lahorgue Nunes. São realizados exames diagnósticos e intervenções percutâneas em Cardiologia, em Neuroradiologia, em vascular periférico, em eletrofisiologia e radiologia intervencionista. Entre os médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, técnicos de radiologia, funcionários administrativos e de higienização, está a enfermeira Adriana Tavares Garcia, que trabalha há 2 anos e meio no Hospital. “Já trabalhava nessa área em outro hospital e sempre me identifiquei muito”, conta. Adriana entrou no Divina para trabalhar no Bloco Cirúrgico, e depois foi transferida para o Setor Endovascular. O colega Maxwell Silva, que trabalha na instituição há 3 meses e atua como agente de atendimento, também elogia o setor. “Eu gosto muito do setor, o pessoal é muito simpático, adoro trabalhar aqui”, conta Maxwell.
.: Leia Mais >
 
::: 16/11/2016
Diagnóstico precoce do câncer de próstata pode curar 85% dos pacientes
O diagnóstico precoce do câncer de próstata pode garantir a cura de até 85% dos pacientes. A informação é do urologista Leonardo Dini, que há 18 anos atende no Centro Clínico do Hospital Divina Providência. O especialista alerta que este tipo de câncer não apresenta sintomas na fase inicial e, por isso, aumenta a importância de se fazer exames de rotina. Dr. Dini, que cursou Mestrado em Urologia na Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) conta que o câncer de próstata é o segundo mais comum nos homens, perdendo apenas para o câncer de pele. “No Brasil, chegamos a 61 mil novos casos a cada ano”, lembra. Os fatores de risco para a doença basicamente são genéticos. Portanto, devem redobrar os cuidados quem tem histórico familiar de câncer de próstata ou de mama. “Os homens da raça negra, também devem ficar atentos, pois, há maior incidência de casos precoces entre os negros”, alerta. A indicação médica é que todos os homens com mais de 45 anos devam fazer exames anuais que consistem numa consulta para o médico saber sobre o histórico do paciente, exame de Antígeno Prostático Específico (PSA) e toque retal. “O exame é simples e indolor mas ainda está envolto em muito preconceito”, frisa. Aproximadamente 70% dos tumores estão na zona periférica da próstata, portanto, perceptíveis através do exame de toque. O Dr. Leonardo Dini fez Residência Médica em Cirurgia Geral no Hospital Conceição, Urologia, no Hospital de Clínicas de Porto Alegre e Mestrado em Urologia, na Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs).
.: Leia Mais >
 
::: 10/11/2016
Mais recente Divininho destaca histórico do Setor de Endovascular
O Divininho nº 148, que já está circulando pelo Hospital, destaca a história da equipe do Setor Endovascular. Desde a sua criação até a formação da atual equipe. Também aborda o Curso de Avaliação em Saúde, que aconteceu nos dias 5 e 6 de novembro. O Curso teve como objetivos despertar o papel do gestor nos processos diários, esclarecer a importância da gestão por processos e centrar o cuidado no paciente. A comemoração do Dia do Médico, organizada pela AMRIGS, também entrou na pauta. Os médicos foram recebidos com um café da manhã especial no dia 18 de outubro. Os nascimentos de Davi, filho da colega Carla Lisiane Leites Both; Lorenzo, filho da colega Vanessa Lopes da Rosa; e de Ana Cláudia, filha da colega Carmen Regina Ronning, também estão na capa. O Divininho também traz matéria com os colegas Robenson Couper, Luciane Vieira e Paula Menezes pelas suas formaturas. A promoção da enfermeira Juliana Soares e do técnico de enfermagem Douglas Bidart também foram lembradas. O médico gerente da Emergência, Mauricio Menna Barreto celebrou seu casamento, no dia 17 de setembro, com a biomédica Natiele Leticia Gregori.
.: Leia Mais >
 
::: 09/11/2016
Divina é premiado no Congresso Brasileiro de Naturologia
O Ambulatório de Terapias Naturais e Complementares 1º de Maio, do Hospital Divina Providência, participou do IX Congresso Brasileiro de Naturologia, em Florianópolis. O evento foi promovido, nos dias 3 e 4 de novembro, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). No evento a equipe do Ambulatório apresentou quatro painéis e um trabalho oral (veja todos os itens no final da matéria). O projeto "Qualidade de vida do cuidador, através das práticas integrativas e complementares”, ganhou o prêmio de melhor apresentação em formato painel no Congresso. A iniciativa foi idealizada há 5 anos pela Irmã Lúcia Specht e as enfermeiras Adriane Bágio, Adriana Ferreira da Rosa e a nutricionista Janete Serafin. “Ficamos muito felizes em participar desse Congresso e principalmente em poder expor o trabalho social que desenvolvemos no 1º de Maio, através da iniciativa das Irmãs da Divina Providência” afirma a coordenadora Daiana Benites. Além de Daiane, representaram o Hospital no evento as colegas Nelci Tolotti, Débora Risch, Débora Zampiva e Bruna Almeida. Painéis apresentados 1- A influencia das praticas integrativas e complementares na qualidade de vida dos portadores de dor crônica. 2- Mutirões de Saúde disponibilizam as práticas integrativas e complementares em vários locais da cidade de Porto Alegre. 3- Qualidade de vida do cuidador através das praticas integrativas e complementares no Hosp. Divina Providencia. 4- Reiki no CTI Adulto do Hosp. Divina Providencia- projeto piloto.
.: Leia Mais >
 
::: 04/11/2016
Celebração marca os 174 anos das Irmãs da Divina Providência
Uma missa comemorou, nesta quinta-feira dia 3 de novembro, os 174 anos de fundação da Congregação das Irmãs da Divina Providência. O evento aconteceu no auditório Pe. Eduardo Michelis, e contou com a presença de representantes da Associação Rede Divina Providência de Ação Social e Cidadania (Redipasc), representantes do Hospital Independência, da diretoria do Divina, da Sociedade Sulina Divina Providência, a mantenedora do Hospital e um grande grupo de funcionários. Há exatos 174 anos o Pe. Eduardo Michelis fundava a Congregação das Irmãs da Divina Providência, na Alemanha. O objetivo era obter ajuda para crianças necessitadas até que o grupo se espalhou pelo mundo levando a missão da Divina Providência a todos os lugares. O grupo de canto do Divina esteve presente, e agregou alegria em diversos momentos. O capelão do Divina, Pe. João Carlos Sprack, lembrou que a missão transmitida pelo Pe. Eduardo Michelis continua através das Irmãs, e que elas respondem hoje às necessidades de um novo tempo. O Pe. Fábio Christ, que é o capelão do Hospital Independência, também presidiu a missa. Ao final da missa, um grupo de funcionários do Divina e do Hospital Independência encenou a formação da Congregação. O objetivo do teatro foi mostrar de forma simples e clara a história das Irmãs da Divina Providência durante todos esses anos.
.: Leia Mais >
 
::: 31/10/2016
Equipes do Divina realizam mutirões no Parque da Redenção e Colégio Vettorello
O Ambulatório de Terapias Naturais e Complementares 1º de Maio, do Hospital Divina Providência, realizou no dia 29 de outubro, atividades de Ação Social e Saúde, no Parque da Redenção e no Colégio Marista Professora Ivone Vettorello, no bairro Glória, em Porto Alegre, Porto Alegre. No total foram atendidas 271 pessoas nos dois lugares onde o mutirão atuou. Lycie Ribeiro e Paulo Nardi, casal que passeava pela Redenção, resolveram medir a pressão arterial no mutirão. “A iniciativa é muito legal. Sempre caminhamos aqui sábado de manhã, e nos chamou atenção a ação do Hospital”, contou Lycie. O dia de mutirão contou com diversos procedimentos, tais como, verificação da pressão arterial e glicose (HGT), Reike, orientação nutricional e homeopática e auriculoterapia. É uma técnica que nasceu da acupuntura, baseada na ideia de que a orelha é um microssistema. Ela utiliza o pavilhão auricular como intervenção para promover a saúde e o bem-estar, aproveitando o reflexo que a aurícula exerce sobre o sistema nervoso central. A profissional de auriculoterapia, Bruna Almeida, ressalta os cuidados necessários após aplicar o tratamento. “Apertar as sementes pelo menos 5 vezes ao dia, cuidar para não arrancar na hora de secar a orelha, e tirar após 7 dias”, lembrou.
.: Leia Mais >